sábado, 18 de fevereiro de 2012

Pré-Escola Planejamento




PRÉ (alfabetização)

PORTUGUÊS/PRONTIDÃO/LINGUAGEM

I - PERÍODO PREPARATÓRIO
OBJETIVO
• Desenvolver coordenação motora fina.
• Discriminação esquerda direita.
• Organizar espacialmente os traçados no papel.
• Desenvolver coordenação viso-motora.

CONTEÚDO
1. Exercícios para desenvolver:
• esquema corporal;
• esquema espacial;
• orientação temporal;
• coordenação motora viso-manual (coordenação ampla e coordenação fina);
• percepções sensoriais (visão, audição, tato, olfato, gosto);
• lateralidade.
• Desenvolver campo lingüístico.

ESTRATÉGIA
• Exercícios gráficos em folhas.
• Jogos.
• Brincadeiras.
• Músicas.
• Histórias.
• Atividades com sucata.
• Cartazes.
• Atividades em caderno pedagógico.

AVALIAÇÃO
Avaliação contínua e diária, observando e descrevendo o desempenho do aluno quanto à: participação, atenção, cooperação, interesse, execução das atividades, coordenação viso-motora, execução correta dos movimentos da esquerda para a direita.

-------------------



II – ALFABETIZAÇÃO

1)- VOGAIS
OBJETIVOS
1. Identificar, ler e escrever as vogais.
2. Discriminar os sons oral e nasal.
3. Discriminar sons aberto e fechado.
4. Completar palavras de acordo com as figuras.
5. Traçar vogais corretamente.
6. Discriminar o som das vogais dentro de um contexto, utilizando músicas.

CONTEÚDO
Palavras-chave e vogais em letras maiúsculas, minúsculas, de imprensa e cursivas.
Exercícios para desenvolver o campo lingüístico: desenvolvimento da expressão oral, início da expressão escrita, leitura incidental.

ESTRATÉGIA
• Apresentação de histórias, músicas, poesias, parlendas.
• Execução de exercícios gráficos.
• Cartazes.
• Coordenação-motora: andar sobre a letra no chão, desenhar (no chão, na lousa).
• Pintura, recorte, desenho, colagem, atividade com sucatas (embalagem).
• Transcrição da letra de imprensa para letra cursiva.

AVALIAÇÃO
Avaliação diária. Através de exercícios orais e escritos o professor deve verificar se o aluno: traça corretamente as vogais, discrimina visualmente e auditivamente a vogal em estudo, lendo e escrevendo.
Avaliar o aluno através da participação, atenção e execução das atividades.


-------------


2)- ENCONTROS VOCÁLICOS/ VOGAIS NASALADAS
OBJETIVO
1. Identificar encontros vocálicos e vogais nasaladas.
2. Ler, escrever e empregar os encontros vocálicos.
3. Identificar o sinal gráfico ~ (til), ler e escrever.

CONTEÚDO
• Encontros vocálicos em letras maiúsculas, minúsculas de imprensa e cursivas.
• Vogais nasaladas: ã, ão, ãe, õe.
• Desenvolver campo lingüístico e vocabulário.

ESTRATÉGIA
• Apresentação dos encontros vocálicos e das vogais nasaladas em atividades gráficas, pequenos textos, músicas, desenhos, poesias e parlendas.
• Transcrição, cópias, ditados e exercícios.
• Leitura, recorte e colagem.

AVALIAÇÃO
Avaliação contínua, com a participação e atenção dos alunos. Verificar se o aluno: traça, transcreve, lê, interpreta e emprega corretamente os encontros vocálicos e a vogais nasaladas.


----


3)- FAMÍLIAS SILÁBICAS
OBJETIVO
1. Identificar, ler e escrever as famílias silábicas corretamente.
2. Automatizar o processo de formação.
3. Empregar corretamente o uso das famílias.
4. Treinar a escrita.
5. Executar os exercícios corretamente.

CONTEÚDO
• Palavras-chave, famílias silábicas.
• Pequenos textos, músicas, poesias, parlendas, histórias e desenhos.
• Ortografia.

ESTRATÉGIA
1. Apresentação das famílias silábicas através de: cartazes, recortes, colagem, desenhos, figuras, histórias, leitura, músicas, jogos, e brincadeiras.
2. Exercícios gráficos orais e escritos, caderno ortográfico, cartilha, ditado, palavras cruzadas e etc.

AVALIAÇÃO
Avaliação será contínua através de: cópias, treino ortográfico, e exercícios gráficos com correções.
Verificação: se o aluno domina a grafia corretamente e atinge os objetivos propostos; se o aluno identifica, transcreve, copia e lê as famílias silábicas.
Avaliação diária através da atenção, interesse e participação da criança.

--------------


MATEMÁTICA

OBJETIVO
1. Desenvolver os conceitos matemáticos, para que possam reconhecer, identificar e executar as atividades propostas.
2. Identificar figuras geométricas.
3. Desenvolver aprendizagem dos números (adição, subtração).
4. Desenvolver raciocínio lógico-matemático.
5. Ampliar os conceitos matemáticos.
6. Realizar as atividades propostas com interesse, atenção, entendimento e compreensão.

CONTEÚDO
• Conceitos matemáticos: grande/pequeno; maior/menor; dentro/fora; mais/menos; em cima/embaixo; na frente/atrás; linha aberta/ linha fechada; etc.
• Conjuntos (unitário, vazio).
• Formas geométricas, numeração, cores, blocos lógicos, sinais (=, #), seqüência numérica e representação gráfica.

ESTRATÉGIA
Apresentar conteúdo de forma dinâmica e estimuladora, através de: cartazes, jogos, brincadeiras, músicas, histórias, atividades gráficas, blocos lógicos, sucatas, recortes, colagens, lousa, caderno quadriculado e etc.

AVALIAÇÃO
Avaliação continua e diária para que o aluno desenvolva: interesse, atenção, raciocínio lógico-matemático e assimilação dos conteúdos.
Avaliar o aluno através de exercícios gráficos através da execução das atividades e correções.


----------------------
ARTES PLÁSTICAS

OBJETIVO
1. Desenvolver a potencialidade criadora de cada aluno, respeitando suas naturais limitações.
2. Desenvolver habilidades e formas próprias desenhando, pintando, construindo e modelando.
3. Desenvolver o domínio de técnicas, instrumentos e procedimentos expressivos.
4. Desenvolver a habilidade de discriminar cor, forma, dimensão, espaço, harmonia.

CONTEÚDO
• Desenho.
• Pintura.
• Impressão.
• Recorte.
• Alinhavo.
• Tapeçaria.
• Colagem.
• Modelagem.
• Dobradura.
• Montagem.
• Construção.

ESTRATÉGIA
• Atividades gráficas como desenhos, para pintura, recorte e colagem.
• Tinta, pincel, cola, tesoura, papel de diferentes tipos, formas e cores.
• Revista, jornal e sucata.
• Barbante, lã, linhas, madeira, argila, algodão, gesso, garrafa, etc.

AVALIAÇÃO
Avaliação será continua e diária através dos trabalhos e atividades realizados pelos alunos, com a finalidade de desenvolver: criatividade, interesse, espontaneidades, auto-estima, capricho, atenção, curiosidade, raciocínio, cooperação, companheirismo e a motivação.


----------


CIÊNCIAS

OBJETIVO
1. Identificar as diversas partes do corpo e suas funções.
2. Formar bons hábitos de higiene e saúde.
3. Identificar o valor nutritivo e a procedências dos alimentos.
4. Identificar e observar o processo de germinação e crescimento das plantas.
5. Identificar, distinguir e caracterizar os animais.
6. Desenvolver habilidades como: observação, analise, descrição, classificação e medida.
7. Explorar o ambiente em que vive.

CONTEÚDO
• As Partes do Corpo/Higiene e Saúde/Órgãos do sentido.
• Alimento/Culinária.
• Plantas/Horticultura.
• Animais.

ESTRATÉGIA
• Explorar o meio em que estamos.
• Confecção de cartazes, desenhos, figuras, fotos, atividades gráficas.
• Pinturas colagens, recortes.
• Horta.
• Passeios, excursões.
• Atividades com os próprios alunos (jogos e brincadeiras).
• Músicas, histórias, diálogos, conversa dirigida, atividade com sucatas.
• Alimentos (frutas, verduras, legumes).

AVALIAÇÃO
Avaliação contínua e diária através das atividades e exercícios realizados e executados pelos alunos, com a finalidade de desenvolver: interesse, atenção, cooperação, espontaneidade, aprendizagem, capacidades de observação, análises e etc.


------
INTEGRAÇÃO SOCIAL
OBJETIVO
1. Adaptar a criança à escola e à vida social.
2. Promover condições de um convívio agradável.
3. Desenvolver atitudes de polidez, respeito e cooperação.
4. Adquirir habilidades sociais.
5. Compreender a necessidade da cooperação de todos os membros da família e da escola, entre si.
6. Desenvolver: atividades e conhecimentos sociais, habilidades de disciplina, independência e habilidades quanto ao trabalho.

CONTEÚDO
• Eu/Família.
• Casa/Comunidade.
• Escola.
• Meios de Transporte/Meios de Comunicação.
• Datas Comemorativas:
• (Alguns exemplos) Carnaval, Páscoa, Dia do Índio, Dia das Mães, Festa Junina, Dia dos Pais, 07 de Setembro, Dia das Crianças, Primavera, Dia da Árvore, Natal e outros.

ESTRATÉGIA
Desenhos, cartazes, músicas, jogos, brincadeiras, atividades com sucata, folhas (atividades gráficas), pintura, recortes e colagens.
Festas, bailes, exposição, excursão ou passeios.

AVALIAÇÃO
Avaliação contínua através das atividades e exercícios realizados e propostos aos alunos, no qual se verifica o: interesse, assimilação, compreensão, aprendizagem, comportamento, espontaneidade, capacidade, cooperação, participação e a execução das atividade.


-----------------


INGLÊS
OBJETIVO
1. Desenvolver algumas noções sobre a língua estrangeira (inglês).
2. Executar as atividades propostas com atenção, compreensão e aprendizagem.
3. Desenvolver a linguagem de palavras, pequenas frases e músicas.

CONTEÚDO
• Cores.
• Números.
• Nomes de animais, alimentos, familiares, objetos, brinquedos, etc.
• Músicas.

ESTRATÉGIA
• Vídeo.
• Cartazes.
• Desenhos.
• Atividades gráficas.
• Pintura, colagem e recorte.

AVALIAÇÃO
Avaliação será feita através dos exercícios e atividades realizadas pelos alunos verificando a aprendizagem, assimilação e compreensão.
Pronúncia e o interesse.

OBJETIVOS SÓCIO- EMOCIONAIS
1. Desenvolve hábitos de asseio: pedir para ir ao banheiro, lavar as mãos, limpar o nariz, etc.
1. Habitua-lo a usar os clichês sociais. Exemplo: Por favor, muito obrigado, com licença, etc.
2. Permitir que a criança seja independente.
3. Deixa-la explorar ao máximo os objetos e brinquedos.
4. Levar a criança a brincar com os outros do grupo.
5. Fazer com que a criança não fixe em um único colega.
6. Mante-la ocupada.
7. Levar a criança a participar das atividades de grupo.

-----------------

Função Social e Educacional da Escola
A escola prepara a criança para conviver com grupos sociais mais amplos que a família; a pré-escola deve fornecer-lhe elementos para conhecer esses grupos sociais, e o fará partindo do próprio universo infantil: a família, a casa, a escola, a comunidade, as profissões, datas comemorativas,etc.

ASPECTOS BIOLÓGICOS
Ao propor atividades que visam à observação e compreensão de determinados aspectos biológicos, a pré-escola está fornecendo à criança condições para desenvolver o raciocínio lógico e incorporar o método contínuo de investigações, essenciais para posterior estudo das ciências naturais.
O trabalho prático poderá se realizar através de alguns itens: as partes do corpo humano, higiene e saúde, alimentação, animais plantas, etc.

CONTEÚDO
Conteúdo é tudo aquilo que é passível de integrar um programa educativo com vistas à formação das novas gerações.É por meio de conteúdos que transmitimos e assimilamos conhecimento, mas é também por meio do conteúdo que praticamos operações cognitivas, desenvolvemos hábitos e habilidades e trabalhamos as atitudes, de maneira que alcançamos os objetivos estabelecidos para o processo educacional.

ORGANIZAÇÃO DOS CONTEÚDOSPORTUGUÊS/PRONTIDÃO/LINGUAGEM:
Os trabalhos com as crianças na área lingüística e viso-motora têm como objetivos:
Ampliar o vocabulário, aquisição de fonemas e comunicação;
Ampliar a linguagem e pensamento desenvolvendo a Expressão Oral através de histórias, músicas, teatros, danças, recitação de versos, poemas ou parlendas, dramatizações, hora da novidade, conversas, recados, jogos e brincadeiras;
Dar iniciação a expressão escrita, noções elementares da gramática e a leitura.
Desenvolver o campo perceptivomotor, a partir do esquema corporal –coordenação motora-ampla ou grossa - até chegar aos dedos –coordenação motora-fina.

-------------


MATEMÁTICA:
Será desenvolvido o Campo do raciocínio lógico matemático, no qual a criança se tornará capaz de:
• Perceber, identificar e aplicar os conhecimentos como: posições (frente/atrás), dimensões grande/médio/pequeno),comprimento curto/comprido), altura (alto/baixo), peso (leve/pesado), distância (perto/longe), volume (cheio/vazio), quantidades (muito/pouco), disposição e posição dos objetos (em cima/embaixo/ao lado/entre);
• Manipular livremente o conjunto universo blocos lógicos – para formar seqüências e agrupar em subconjuntos de: cor, forma, tamanho e espessura;
• Identificar e formar conjuntos (vazio, unitário, com muitos e poucos elementos);
• Identificar e apontar os numerais (ex: de 0 a 9), relacionando o número isoladamente;
• Identificar cores primárias e secundárias: vermelho/amarelo: laranja; azul/vermelho: roxo; azul/amarelo: verde; branco/preto: cinza;
• Reconhecer números ordinais e último;
• Identificar e nomear formas geométricas;
• Resolver problemas orais e perceber quantidades diferentes em relação as diversas situações (a mesma quantidade de líquido em recipientes diferentes, por exemplo);
• Identificar meio e inteiro;
• Desenvolver operações matemáticas (adição, subtração)

----------------


ARTES PLÁSTICAS:
Nesta área ocorre o desenvolvimento da coordenação e habilidade motoras, aumentado a capacidades de organizar o espaço e o domínio de técnicas. Os exercícios de pintura, por exemplo, farão as crianças conhecerem o valor das cores e de suas combinações.
O professor deve permanecer como observador, orientador e amigo; estimular a criatividade e o capricho que o trabalho merece; incentivar a economia no gasto do material usado, informando que assim durará mais tempo; estar seguro da aula que vai dar.

----------
CIÊNCIAS:
Um programa de ciências na pré-escola deve partir dos interesses das crianças, de suas necessidades imediatas e do meio em que elas vivem. Temos com objetivos gerais: desenvolver as habilidades de observar, descrever, analisar, classificar, medir; explorar o ambiente em que vive; estabelecer relações entre os diversos elementos que compõem seu meio; enriquecer suas experiências; adquirir o gosto pelas pesquisas e descobertas; adquirir hábitos de uma vida sadia em relação à higiene, alimentação, eliminação, recreação.

------------


INTEGRAÇÃO SOCIAL:
A pré-escola tem como principal função aprimorar a sociabilidade das crianças, favorecendo: uma convivência feliz no lar, na escola e na sociedade; a auto-realização, a eficiência no trabalho e o civismo; experiências que promovam o desenvolvimento pessoal; a auto-orientação, a cooperação, a responsabilidade, a amizade, a cortesia, o respeito às outras pessoas, boas maneiras, bons hábitos, etc.

-------------------


INGLÊS:
Será proporcionado às crianças o contato com outro idioma, através de atividades, músicas, vídeos, cartazes, desenhos e pinturas.

---------


INFORMÁTICA:
Visando facilitar a aprendizagem de conteúdos curriculares o uso do computador no processo pedagógico apresenta dois objetivos básicos: melhorar a qualidade de ensino e familiarizar o jovem com uma nova tecnologia, no qual utilizaremos software educativo e atividades complementares.

--------

EDUCAÇÃO FÍSICA (JUDÔ/BALÉ/JOGOS/BRINCADEIRAS):
As atividades físicas e recreativas visam: o desenvolvimento pessoal: domínio do próprio corpo; o que ele pode realizar com o corpo todo e com cada uma de suas partes; o domínio das coisas que o cercam: como utilizá-las, como se situar no tempo e no espaço; o desenvolvimento das qualidades sociais de cooperação, solidariedade, comunicação, etc.
Essas atividades incluídas no plano curricular da pré-escola, oferecem uma educação integral concorrendo com o desenvolvimento estético, intelectual, moral e cívico.


----------------
JOGOS E BRINCADEIRAS:
Algumas sugestões que ajudarão a utilizar os jogos e brincadeiras de forma mais adequada e proveitosa no ensino:
a) Defina, de forma clara e precisa, os objetivos a serem atingidos com a aprendizagem. Os jogos e brincadeiras podem ser usados para adquirir determinados conhecimentos (conceitos, princípios e informações), para praticar certas habilidades cognitivas e para aplicar algumas operações mentais ao conteúdo fixado.
b) Determine os conteúdos que serão abordados ou fixados através da aprendizagem pelo jogo ou pela brincadeira.
c) Formule as regras de forma clara e precisa para que não dêem margem de dúvidas.
d) Especifique os recursos ou materiais que serão usados durante a realização do jogo ou brincadeira, preparando-os com antecedência ou verificando se estão completos e em perfeito estado para serem utilizados.
e) Explique aos alunos, oralmente ou por escrito, as regras do jogo ou brincadeira, transmitindo instruções claras e objetivas, de modo que todos entendam o que é para ser feito ou como proceder.
f) Permita a participação, a motivação e estimulação de todos os integrantes do grupo ou equipe.
Como qualquer aula, os jogos e brincadeiras também devem ser planejados. O trabalho planejado é importante e necessário porque evita a improvisação; ajuda a prever e superar dificuldades e contribui para consecução dos objetivos estabelecidos com economia de tempo e eficiência da ação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário